Entrevistas

28 de setembro de 2017

Projetar Pessoas por Ruth Dutra

Ruth Dutra

1-Perfil do Entrevistado –
Nome: Ruth Dutra
Atividade desempenhada: Coach de Mulheres e palestrante, Co-idealizadora do Projeto Mulheres de Esparta e com uma programação semanal de desenvolvimento humano na rádio Extra FM (www.extra105.com.br ).
Descrição de sua experiência/perfil:
Formada em Gestão de Recursos Humanos, Pós Graduada em Gestão de Pessoas e Coaching.
Cursos adicionais como: Inteligência Emocional, Gestão da emoção, Desvendando crenças limitantes, Academia da autoconfiança, dentre outros…
Trabalho com Treinamento e desenvolvimento de pessoas há mais de 25 anos, porém eu treinava as pessoas com foco apenas no profissional, e sentia que faltava algo, não me sentia realizada, até que, através do Coaching entendi a necessidade de se buscar um equilíbrio em todas as áreas da vida, conheci ferramentas que nos ajudam a encontrar esse equilíbrio, buscando uma vida plena e abundante. E é isso que procuro compartilhar através do meu trabalho.
Sigo, realizando minha missão, que é ajudar mulheres a despertar sua força interior, sua autoconfiança e autoestima, contribuindo para o desenvolvimento pessoal, emocional e profissional.

2-Para você o que é Projetar Pessoas?
Para mim, projetar pessoas é levar cada ser humano a se conhecer melhor, a uma análise do que tem feito com sua vida, com o seu tempo, com suas emoções, com seus relacionamentos. Analisar se está satisfeito com os resultados que obteve até agora e o que pode ser feito pra ajustar, trazer equilíbrio àquelas áreas que ainda geram insatisfações. É provocar uma transformação de dentro pra fora, despertando o potencial máximo que existe dentro de cada um. É despertar o SER e consequentemente conquistar o TER.

3-Conte uma vivência aonde você foi projetado enquanto pessoa:
A vida é uma eterna educadora e está sempre nos ensinando e oferecendo acontecimentos pra nos projetar como pessoas. Acontece que na maioria das vezes não temos a percepção do que ela está querendo nos ensinar naquele momento. Muitas vezes, por falta de conhecimento, por orgulho, por arrogância, por crenças enraizadas no nosso inconsciente e outros motivos mais…
O meu momento de despertar, de desejar e iniciar minha projeção como pessoa aconteceu aos 40 anos. Com o fim de um casamento de 22 anos, com a perda do meu pai meses depois e com a necessidade gritando dentro de mim que eu precisava “acordar” pra vida, afinal, eu queria tanta coisa pra mim, porém não conseguia sair do lugar.
Até que a vida me empurrou, e tive que, literalmente, começar do zero.
Nesse momento precisei decidir se deixava a depressão me engolir ou se iniciava uma projeção de quem eu quero ser e da vida que eu quero ter.
Escolhi a segunda opção, claro!
Comecei então a me projetar através do autoconhecimento, estudando muito, me aprofundando em metodologias como o Coaching, Inteligência Emocional, Neurociência e continuo nessa trajetória de projeção, afinal, sou uma eterna aprendiz e, enquanto respirar, estarei nesse ciclo de desenvolvimento que tem feito com que eu me sinta cada dia mais VIVA, e mais FELIZ.

4-Cite uma situação em que você pôde contribuir para a projeção de uma pessoa:
Tenho sido agraciada com diversos depoimentos de mulheres (e até mesmo alguns homens), que tem sido impactadas através do meu trabalho.
Fica até difícil citar uma pessoa, mas vamos lá…
Uma pessoa em especial que me lembro nesse momento, foi uma jovem senhora que disse que sua vida mudou completamente após um processo de Coaching comigo.
Ela se sentia perdida e nem sabia exatamente o objetivo que buscava através do processo, porém sabia que precisava mudar algo.
E durante o processo pôde experimentar melhorias no relacionamento com o marido, com a filha, conseguiu ter uma clareza para organizar as finanças, conseguiu identificar seus objetivos pessoais e profissionais e enxergou um leque de possibilidades que antes não enxergava.
Me marcou esse processo por ser uma mulher simples, com poucos recursos, porém fez um grande esforço pra mudar a sua vida, pois estava perdida no emaranhado de situações que vinham acontecendo e não conseguia enxergar as inúmeras possibilidades que estavam à sua disposição.
Eu vi nela a Ruth de alguns anos atrás, apostando todas as fichas e acreditando num processo que poderia mudar/ projetar a minha vida. E MUDOU! A minha, a dela e tem mudado de tantas outras que se abrem para “o novo” e para a transformação.

5-Passe uma mensagem para o Projetando Pessoas:
Sabe por que algumas pessoas tem tudo e não é feliz? Porque a felicidade não está relacionada em TER, mas em SER. É algo que parte do interior para o exterior.
Não coloque sua felicidade na condição de coisas, pessoas ou circunstâncias. A felicidade deve estar dentro de você! Escolha ser feliz!

6-Sugira o que gostaria de encontrar no Projetando Pessoas no próximo ano do Site:
Acredito que seria interessante Cases de superação.

Comentários